Tartarugas até lá em baixo | Resenha


Olá Pastelinos! Hoje vim trazer a resenha desse livro maravilhoso para vocês. Eu amo muito todos os livros do John Green e garanto a vocês que esse não deixou a desejar nem se quer por um minuto. Como a grande maioria dos livros dele é um livro curto, de fácil leitura e que vem trazendo temas muito interessantes que fazem com eu a gente pare e realmente reflita sobre o que está lendo.

Sinopse: Depois de seis anos, milhões de livros vendidos, dois filmes de sucesso e uma legião de fãs apaixonados ao redor do mundo, John Green, autor do inesquecível A culpa é das estrelas, lança o mais pessoal de todos os seus romances: Tartarugas até lá embaixo.

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido - quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro - enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Repleto de referências da vida do autor - entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância -, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e - por que não? - peculiares répteis neozelandeses.


O livro fala muito sobre amizade, e como ela é importante em determinados momentos de nossas vidas, a personagem principal, Aza (pensa num nome fácil de esquecer),  junto com a sua melhor amiga inventam que querem ir atrás de um milionário desaparecido pois quem o encontrasse ganharia uma recompensa muito boa que poderia mudar a vida das duas.

Confesso que um dos pontos que eu mais achei interessante, ainda mias por estudar Psicologia foi o fato de a Aza ter TOC (transtorno obsessivo compulsivo) e ansiedade, isso fica muito evidenciado no livro e chega a incomodar o leitor, ou o fazer prestar mais atenção em quem passa por isso e vive ao seu redor.

Acontecem muitas coisas durante a narrativa mas garanto a vocês que no final tudo vai se acertar e vai ficar muito bem explicadinho para que possamos entender a relevância de cada acontecimento na história para ela ter aquele desfecho que sempre deixa um gostinho de quero mais. E eu não poso falar muito pra não dar spoiler, mas garanto que o romance nesse livro é tão bom quanto os outros, e que esse livro passou a ser um dos meus favoritos do tio John Green.

Eu confesso que depois de tanto tempo sem o autor publicar livros eu não tinha certeza de que gostaria tanto assim da leitura, mas pra variar eu subestimei um dos meus autores favoritos, e realmente espero que esse livro ganhe uma adaptação para o cinema também, seria simplesmente maravilhoso ver isso acontecer.

Alguém ai já leu o livro? Se sim, deixe o que achou nos comentários!

You Might Also Like

4 comentários

  1. Tanta gente está falando bem desse livro que a minha vontade de ler só aumenta. Mas, olha, verdade seja dita, eu tenho tanto rançooooo de livros desse homem haha. Sério, não pode ninguém vir falar de Cidades de Papel perto de mim que eu já fico com raiva. Sei que o estilo de escrever pode ter mudado, por isso estou pensando em dar uma chance :)
    Adorei a resenha, moça! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lu, eu confesso que sou fã dos livros dele. Mas admito que cidades de Papel não é um dos melhores, esse livro agora é incrível e nos prende do começo ao fim, tem um poquinho de tudo e tenho certeza de que você vai amar ele!

      Excluir
  2. Olá :D
    Li esse livro no começo do ano e amei! Foi sem dúvida uma das melhores leituras que eu fiz esse ano e entrou pra minha lista de favoritos do autor (perdendo somente para "A culpa é das estrelas", que é meu queridinho da vida!)
    Amei sua resenha.

    Beijinhos e ótimo fim de semana ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Esse livro é realmente maravilhoso e vou guardar ele no core pra sempre :3

      Excluir