Resenha de Submerso | Eduardo Cilto


Hoje é dia de resenha de Submerso, esse livro maravilhoso que eu tenho postado tanto no instagram (me desculpem por isso!). Eu e a Aline compramos ele na bienal do livro em São Paulo esse ano, onde também tivemos a oportunidade de conhecer o Edu e ficamos simplesmente encantadas. Aliás, ele é super leve e fácil de ler e confesso que de Traços para Submerso o Edu amadureceu muito a escrita, mas não sou uma crítica nem nada para falar sobre isso. 


Sinopse:
'ELETRIZANTE.

EMOCIONAL.
O RETRATO DE UMA GERAÇÃO.
Aos dezessete anos, Dimitri não é mais capaz de enxergar a si mesmo quando encara o próprio reflexo no espelho. Dividindo seu tempo entre o colégio e um emprego na última locadora de filmes da cidade, ele vê sua realidade colidir quando um simples encontro com os amigos acaba sendo gatilho para uma de suas maiores crises.
Lutando contra a nova vida e consigo mesmo, Dimitri é obrigado a passar o resto do ano em um acampamento para jovens desajustados que promete colocá-lo de volta aos eixos. Porém, um lugar que abriga tantos desajustados pode não ser tão perfeito quanto todos pensam, o que antes parecia ser a solução dos problemas, acaba se tornando apenas o começo de um dos maiores deles.
“É no caos que minha mente se esvazia e meus pensamentos se encontram”.'




Uma coisa que eu gosto muito nos livros do Edu além das capas e referencias a livros que tanto amamos, é que eles se passam em lugares que já conhecemos (apesar de Submerso começar em São Paulo e terminar em um lugar que o Eduardo fez o favor de dizer a localização) e isso faz com que a leitura seja muito mais interessante para mim. 

O livro tem personagens cativantes que eu adoraria conhecer na vida real, o Dimitri é de longe um dos personagens com mais misturas de sentimentos que eu pude conhecer, me lembrou um pouquinho a Aza de Tartarugas até lá em baixo, acho que eles poderiam ser bons amigos. 

O a leitura é bem leve e fácil, o livro tem um pouquinho menos de 200 páginas e se você gosta de livros nesse estilo e costuma lê-los rápido, é provável que você consiga terminar ele em apenas um dia. A história trata de problemas do cotidiano que as vezes parecem muito simples para as outras pessoas mas que é muito complicada para quem está realmente vivenciando a determinada situação, e isso faz com que a gente se coloque no lugar dos personagens, 


Eu confesso para vocês que adoraria ler livros para saber mais sobre o amigos do Dimitri, senti falta disso enquanto eu o lia, ele foi bem finalizado mas acredito que uma continuação seria uma boa aposta, mesmo que ela trouxesse o ponto de vista de outros personagens.

A história tem romance (como a capa já diz!), aventura e suspense, eu recomendo muito a leitura e aposto que com pelo menos um dos personagens você irá se identificar, a cada página que eu ia lendo me identificava com alguma frase que olha, parecia que eu mesma tinha escrito.

Eu espero que vocês tenham gostado, até a próxima!

Um beijo e um Pastel.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Amei sua resenha. Suas impressões soam muito sinceras. Foi um deleite ler.

    ResponderExcluir
  2. Conheço o Edu pelos vídeos, e ele parece ser muito legal. Não sabia que ele tinha lançado outro livro, mas esse me lembrou um pouco "O que há de estranho em mim". Mesmo parecendo ser sobre um tem um tanto pesado, é leve, e isso sempre é bom :) gostei da indicação, moça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele tem dois livros, e confesso que sou apaixonada por eles!

      Excluir