Resenha do livro Todo Dia | David Levithan

Olá Pastelinos! Hoje vim fazer para vocês a resenha de um livro que conheci esse ano, mas que foi lançado em 2012 e que tem continuação lançada pela Galera Record. Conheci o livro através do trailer da adaptação para cinema, que sai no dia 5 de Julho deste ano (Espero MESMO que saia em Dourados se não vou ficar muito triste).



Sinopse: Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.

O livro não é como qualquer romance clichê, quando comecei a ler pensei que era uma coisa e no final era outra completamente diferente. Eu só fui descobrir que tinha uma continuação depois que terminei de lê-lo! Então, ainda não consegui lê-la. O autor David Levithan vem sempre trazendo temas polêmicos e que muitos evitam falar, como o personagem principal não tem um corpo próprio é muito interessante ver como ele se adapta e se encaixa todos os dias no corpo de uma pessoa completamente diferente. Melhor que isso é poder ver que o romance retrata que o mais importante é o que está dentro e não fora.

Foi isso que fez com que eu gostasse mais ainda desse livro, ele vem à mostrar que o amor independe de cor, etnia e gênero. Vale ressaltar que o autor vai estar na bienal do livro em São Paulo em agosto deste ano e que eu gostaria muito de conhecê-lo rs.

Não deixe a capa falar pelo livro, porque eu achava ela muito feia, e começou a fazer mais sentido mesmo só depois que li o livro (estou torcendo para ele ganhar uma capa do filme). Mas quem ainda não conhece, leia já garanto para vocês que a história é MUITO surpreendente.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Desde que vi a premissa desse livro pela primeira vez achei interessante, mesmo tendo me soado um tanto angustiante. Ah, a capa realmente é feinha hihi.

    Ele está numa lista mental que eu tenho de coisas que ainda pretendo ler, mas não tive oportunidade. Nunca tive contato com nenhuma obra do autor, e acho que é bem capaz de eu acabar lendo antes de ver o filme :)

    Adorei a resenha! :*

    ResponderExcluir