Trono de Vidro | Coroa da Meia-Noite e Herdeira do Fogo, Sarah J. Maas - Resenha


Oláaaaaa Pastelinos, como estão? EU NÃO ESTOU BEM!

Eu deveria ter continuado a resenha como eu tinha planejado, mas não deu muito certo, os livros acabaram me prendendo e cá estou eu pronta para resenhar dois livros pra vocês. Lembrando que o conto A Lamina Assassina já foi lançado no Brasil e no ínicio do ano que vem já está previsto o lançamento de Rainha das Sombras.

Ultimamente a série Trono de Vidro tem chamado demais a minha atenção, e eu vou contar pra vocês que eu não estava preparada para o que as sequências me trouxeram, segredos sendo revelados, em Coroa da Meia-Noite e Herdeira do Fogo nós conhecemos personagens como Sorscha, Aedion, Rowan, Manon, Maeve dentre outros igualmente importantes que eu vou explicando ao longo da resenha. Desculpem-me se eu acabar misturando a história dos dois livros as leituras são bem recentes e pra quem ainda não leu eu vou acabar dando pequenos spoilers mas nada muito crucial.


Ok, vamos falar sobre COROA DA MEIA-NOITE.


O livro começa um pouco depois do final de Trono de Vidro, o livro mexeu muito com a minha imaginação e em quesito de ficção não só ele como a série até o ponto em que eu li foi a melhor nos últimos tempos. E convenhamos que a linda e perigosa Calaena venha nos surpreender a cada momento em que uma parte de sua identidade é revelada, e com isso descobrimos quantas identidades ela usa durante todos os seus 18 anos.

A assassina de Adarlan e a nova campeã do Rei se mostra piedosa logo nos primeiros capítulos do livro quado nos mostra que na verdade não mata para o rei, ela forja a fuga dessas pessoas e usa doentes para mostrar ao tirano Rei que cumpriu as suas ordens.

Quando o Rei escolhe como alvo um velho amigo ela conversa com ele, Celaena acaba descobrindo um grupo de rebeldes que planeja um levante contra a corte.

A assassina descobre segredos a muito escondidos conforme explora o castelo de vidro e conhece resquícios da história que o Rei quis apagar.

"Cada passo era impecável, letal, como aquela primeira vez que os dois lutaram no treino tantos meses antes. Ela conhecia todos os movimentos dele, e Chaol conhecia os de Celaena, como se os dois tivessem dançado aquela valsa juntos a vida inteira"

Conforme a história anda podemos observar a evolução de todos os personagens no geral, Dorian descobrindo um poder que pode acabar com a sua vida, que ele mal poderia imaginar, graças a proibição da magia em Adarlan, a princesa Nehemia se afastando de Celaena por motivos desconhecidos até o final arrasador e de partir completamente o coração, e claro Cahol decidindo ao lado de que lado por fim ficaria a sua lealdade.

"E a jornada não é mais importante que o destino?"


Ahhhhhhhhhhhhhh, eu sempre shipparei Calaena e Chaol, por favor me julguem. 

Acho que se eu continuar falando mais vou acabar ENCHENDO vocês de spoiler e não é isso que eu quero, a jornada de Celaena é muito delicada e cheia de mistérios, mas a cada página nós apaixonamos e aprendemos mais com os personagens. 

Eu vou contar pra você que o final desse livro acabou partindo meu coração em MILHARES de pedaços, eu juro que em momento algum esperei por aquela morte que só me fez querer correr para a o próximo livro!

Agora, falaremos sobre HERDEIRA DE FOGO.



CHORANDO LÁGRIMAS DE SANGUE COM ESSE LIVRO GENTE, NA BOA. 


A linda da Sarah feriu todos os meus sentimentos, ainda mais com essa história de em cada livro eu querer que a Calaena fique com um personagem diferente, pra que isso moça?

Nesse livro ela basicamente separa todos os personagens, e nos apresentam outros que são definitivamente importantes para a história, alguns como Manon (Uma das Bruxas dentes de ferro.) ganham capítulos inteiros, mas a narrativa predominante é de Calaena/Aelin, isso mesmo logo no fim de Coroa da Meia-Noite descobrimos que a nossa assassina na verdade é a Herdeira perdida do reino derrubado pelo Rei de Adarlan 10 anos antes, Terassen.

Chaol numa tentativa desesperada de manter Celaena a salvo a envia a sua terra natal, sem saber é claro. Até o momento em que ela fala uma data que finalmente muda tudo da cabeça do chefe da guarda.

No livro vemos claramente como as revoltas vão surgindo contra o tirano Rei que quer a todo custo tomar todas as terras para ele, e o único fio de esperança que esses rebeldes têm é de que a sua rainha perdida Aelin está viva e que retornará para os salvar de tempos sombrios que estão por vir.

"Ela era Aelin Ashryver Galathynius - e não teria medo"

Aedion sempre fora o melhor amigo e fiel escudeiro de Aelin, até o dia em que a princesa deveria ter sido supostamente assassinada. Depois disso se tornou fiel escudeiro do Rei, até onde todos sabiam, é claro.

O príncipe Doriam juntamente com Sorscha descobre como amenizar e controlar até certo ponto a sua magia, enquanto Chaol ajuda seus amigos indiretamente, a princesa/rainha Aelin e seu melhor amigo de toda uma vida a se manterem fora do alcance das mãos do tirano Rei.

"Era a herdeira das cinzas e do fogo, e não se curvaria a ninguém."

O que mais me surpreendeu no livro foi como a Calaena/Aelin cresceu e se mostrou alguém forte como nunca durante toda a narrativa. Com a ajuda do príncipe feérico Rowan (que por um acaso tem mais de 200 anos) que é escalado pela tia da princesa, Maeeve. Os dois a principio se detestam e falar que eles só se espancam é pouco, mas conforme o livro caminha eles vão se aproximando e aprendendo um com o outro sobre lealdade e amizade.

"Encheria o mundo com aquela luz, com a luz dela - o dom dela. A jovem acenderia a escuridão com tanta força que todos aqueles que estavam perdidos ou feridos ou partidos encontrariam o caminho até lá, um farol para aqueles que ainda viviam no abismo. Não seria preciso um monstro para destruir um monstro, mas luz, luz para guiá-la e afastar a escuridão."

Aliás, O FINAL DESSE LIVRO É DE MATAR QUALQUER UM, NA BOA. EU ACHO QUE QUERO A MORTE DO REI MAIS QUE RAINHA AELIN.

Bom galera, é isso. Espero que tenha gostado e que estejam esperando o próximo livro tanto quando eu... Um beijo e um pastel.






You Might Also Like

0 comentários